‘Selfies’ momentos antes da morte causam comoção na web

Collette e sua amiga, que sobreviveu ao acidente Foto: Reprodução / Twitter / Dan Marries

A falta de limites da “selfiemania” tem alcançado novos patamares. A mania de tirar autorretratos a todo momento acaba provocando situações indiscretas, inusitadas e até emocionantes. Recentemente, vários casos de “selfies” instantes antes da morte têm causado comoção nas redes sociais. Nesta semana, a norte-americana Collette Moreno, de 26 anos, morreu em um acidente de carro a caminho da sua despedida de solteira, um mês antes de se casar. Seu último registro antes da morte emocionou e virou notícia no mundo todo.
Courtney Sanford, de 32 anos, tinha o costume de fazer fotos ao volante Foto: Reprodução/Facebook

A última imagem da pessoa com vida costuma provocar grande interesse na web. Foi assim também com a norte-americana Courtney Sanford, de 32 anos, que postou uma “selfie” no volante momentos antes de bater de carro e morrer. Na publicação derradeira, Courtney compartilhou com seus amigos a satisfação por ouvir uma música do cantor Pharrell Williams. “A canção 'Happy' me faz feliz”, escreveu ela no perfil da rede social. Logo após a publicação, o veículo que a mulher dirigia atravessou o canteiro central de uma estrada movimentada e atingiu um caminhão de lixo. A motorista bateu com a cabeça e morreu na hora.
A foto de baixo é o “selfie” tirado instantes antes do ataque a bomba; a de cima mostra o menino ferido Foto: Reprodução / Twitter / Abdallah Jibai

O adolescente libanês Mohammed Shaar posou para uma “selfie” em grupo apenas alguns instantes antes de ser morto num ataque a bomba em Beirute, capital do país árabe. A sequência da foto, capturada por jornalistas, mostra o jovem caído e ensaguentado. Ele estava na cidade comemorando o fim do semestre com alguns amigos, em dezembro do ano passado. A grande repercussão da imagem acabou tornando o jovem símbolo da violência no Líbano e do pedido de paz.
Isabella faleceu ao tentar tirar uma “selfie” no alto de um penhasco Foto: Reprodução / Facebook / Isabella Fracchiolla

No caso da italiana Isabella Fracchiolla, de 16 anos, o “selfie” foi o grande responsável por sua morte. A adolescente se desequilibrou e caiu de uma altura de 20 metros no mar enquanto buscava o melhor ângulo para sua foto. A jovem, que estava na cidade para uma excursão escolar, ainda foi resgatada por militares, levada ao hospital e operada, mas não resistiu.

Via Extra

6 comentários :

  1. Sinceramente n sinto pena alguma dessa gente que tira selfie ao volante, pq coloca em risco a vida de um cidadão ou família por conta da sua estupidez e irresponsabilidade. Já vai tarde.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente não existem limites para a estupidez humana. E agora com essa neura de selfie, instagram e facebook parece que a coisa está evoluindo para doença mental degenerativa...

    ResponderExcluir
  3. 1º o nome "selfie" é ridículo, porque americanizar um termo que o Brasil JÁ PÓSSUÍA?

    Esta besteira se chama Auto-Retrato (ou autorretrato pela nova ortografia). É querer babar o ovo de americano mesmo.

    2º A última foto (a menina) não fez um autorretrato, já que outra pessoa segurava a câmera.

    ResponderExcluir
  4. impressionante
    veja se a creatina é aliada ou vilã http://saudemaromba.blogspot.com.br/2014/07/creatina-aliada-ou-vila.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...